Estudantes do Ensino Fundamental levam a rima para a 64ª Feira do Livro

 

Estudantes do Ensino Fundamental do Colégio João XXIII vão levar a rima para a 64º Feira do Livro de Porto Alegre através do poema e do cordel, no domingo 11/11, em diferentes momentos. As crianças do 2º ano do Ensino Fundamental estreiam como poetas, para além dos muros da Escola, durante o lançamento da obra coletiva “Poemundo 2 – O mundo poético do 2º ano”, no Teatro Carlos Urbim (Praça da Alfândega s/nº), das 8h30min às 10h30min. No mesmo dia, os cordéis do 5º ano também ganham espaço, no auditório do Memorial do Rio Grande do Sul, das 9h15min às 13h. As duas atividades são voltadas para as famílias e o público em geral.  
 
Acompanhado de um sarau poético, o lançamento do livro das crianças do 2º ano marca o protagonismo dos estudantes da Escola na construção do conhecimento. “É um livro que traduz parte das experiências de aprendizagens vivenciadas pelas crianças e professoras. São palavras, temáticas, rimas e ilustrações que revelam a imaginação, a linguagem e as trajetórias escritora e artística das nossas crianças, ganhando novos contornos”, falou orgulhosa a coordenadora pedagógica do 1º ao 5º ano, Ianne Ely Godoi Vieira.
 
Escrito em sala de aula, “Poemundo 2” segue o mesmo estilo do livro escrito pelas crianças do 2º ano, em 2017, ao revelar o processo de compreensão das poesias e sua estrutura a partir de diferentes temáticas. Enquanto os poemas foram produzidos a partir da leitura prévia de poetas que são referência, as ilustrações foram criadas com técnicas inusitadas nas aulas de Artes – desde tecido, areia, escultura e pintura. “O projeto literário foi uma aproximação com o sensível, com a potência da palavra, da brincadeira com o que se diz e como se diz, com a arte da ilustração e com a valorização dos ilustradores e sua relevância na produção da cultura”, diz Ianne.
 
Os cordéis do 5º ano, que retratam a cultura popular através de um trabalho interdisciplinar envolvendo os componentes curriculares de Língua Portuguesa, Arte e História, foram fonte para a valorização cultural, o desenvolvimento da oralidade e a construção de aspectos linguísticos essenciais dessa etapa escolar.
 
As temáticas de cada cordel foram escolhidas a partir de dilemas da vida contemporânea e das vivências dos estudantes, trazendo o cotidiano e a originalidade em cada rima. “Para potencializar as reflexões sobre o texto, um trabalho conjunto com a História, através de uma obra intitulada CordelÁfrica, fez com que usássemos o cordel para aprender, para pensar, para refletir sobre a nossa história, a história do nosso povo”, explica Ianne. Na Arte, o estudo partiu da técnica de xilogravura, promovendo vivências semelhantes as da técnica mas com outros materiais.
 

Colégio João XXIII na 64º Feira do Livro de Porto Alegre 

Data: 11/11

 

  • Lançamento da obra coletiva “Poemundo 2 – O mundo poético do 2º ano” e sarau poético
  • Horário: às 8h30min para familiares e amigos das turmas B e H, e às 10h15min para os das turmas D e F.
  • Local: Teatro Carlos Urbim (Praça da Alfândega s/nº)

 

  • Cordel em múltiplas linguagens
  • Horário: às 9h15min para familiares e amigos da 5C; às 10h para os da 5A; às 11h15min, 5E; e às 12h15min, 5G.
  • Local: Auditório do Memorial do Rio Grande do Sul 
%d blogueiros gostam disto: